Feiras incentivam produção e consumo agroecológico em Curitiba

Texto Franciele Petry Schramm
Foto Gabriel Dietrich

O último dia 3 dezembro – foi lembrado como Dia Internacional de Luta Contra os Agrotóxicos – é também uma data em que se discutiu uma alimentação mais saudável: sem veneno e com variedade. Pensando na dificuldade que moradores de alguns bairros de Curitiba tinham em acessar esse tipo de alimento, integrantes da Cooperativa Terra Livre, da Lapa, passaram a comercializar produtos agroecológicos na capital paranaense.

Desde outubro, a cada quinze dias, cerca de três mil quilos de frutas, verduras e legumes produzidos sem veneno e provindos da reforma agrária são vendidos em três bairros de Curitiba – a feira ocorreu no no dia 2 de dezembro. Todos os alimentos são produzidos na Cooperativa Terra Livre, empreendimento dos moradores do Assentamento Contestado.

Sócio da Cooperativa, o produtor Antônio Capitani destaca a importância da comercialização desses produtos. “A feira é uma forma de ajudar na saúde do consumidor e a incentivar o produtor rural a produzir de uma forma mais saudável”. A família do agricultor está entre as 84 que possuem hortas orgânicas certificadas no Assentamento Contestado. A partir do início de 2017, Cestas de Produtos Agroecológicos também poderão ser adquiridas através de um site, ainda em construção.

Dias 2 e 18 de Dezembro

Ponto 1: Salão da Paróquia São Pedro Apóstolo à Rua Wladislau Dec, 1045, Xaxim, das 18h às 20h.

Ponto 2: Salão da Paróquia São José das Famílias, à Rua Dr. Levy Buquera, 150, Sítio Cercado, das 16h às 18h.

Ponto 3: Associação Nossa Senhora do Pilar, à R. Jorge Simão (ao lado posto saúde Érico Veríssimo), Alto Boqueirão, das16h às 18h.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.